Fundo que desistiu da compra da Victoria’s Secret agora pode levar a JC Penney


A Sycamore é um fundo de private equity nova-iorquino especializado na aquisição de empresas em dificuldades. No passado, a gestora comprou a rede de material para escritórios Staples, a empresa de roupas femininas Talbots e a operadora de lojas de departamento Belk. Mais recentemente, a Sycamore tentou assumir o controle da rede de roupas femininas Victoria’s Secret, do grupo L Brands, que também passa por turbulências. O negócio de US$ 525 milhões chegou a ser fechado e anunciado. Mas depois, por conta da Covid-19, o fundo desistiu da transação. Agora, a Sycamore está tentando adquirir a centenária rede de lojas de departamento JC Penney, segundo uma reportagem da Reuters, citando fontes anônimas. A JC Penney, que está em concordata, tem até o dia 15 de julho para chegar a um acordo com seus credores e evitar a falência. As vendas da empresa atingiram US$ 10,7 bilhões em seu ano fiscal mais recente e caem desde 2015. A companhia não dá lucro há quase uma década. Desde que pediu proteção judicial, em maio deste ano, quando todas suas 800 lojas estavam com atividades suspensas em decorrência da pandemia, a empresa já colocou em prática um austero plano de contingência e reestruturação, prevendo o fechamento permanente de 154 lojas nas próximas 16 semanas. A situação da JC Penney, que vende roupas, perfumes e utensílios de cozinha, passa longe de ser uma exceção. Todo o setor sofre com a pandemia do novo coronavírus, que paralisou as operações de lojas ao redor do país e deixou ainda mais dramática a situação desses conglomerados que já vinham sofrendo por não terem se adaptado aos tempos de vendas online. Outras grandes empresas do mesmo setor adotaram medidas semelhantes para evitar um fim trágico. A J Crew e a Neiman Marcus, por exemplo, também pediram concordata e tentam renegociar suas dívidas bilionárias. A Nordstrom anunciou o encerramento das atividades de 16 de suas lojas. Mas mesmo “apertando os cintos”, a JC Penney, que emprega 85 mil pessoas, tem uma dura realidade para lidar. Seus papéis são negociados atualmente por US$ 0,18, o que lhe dá o menor valor de mercado de sua história de 118 anos, US$ 58,6 milhões. Antes de considerar a proposta de aquisição do Sycamore Partners, a JC Penney pode avaliar outras alternativas, como ceder o controle de suas operações aos seus credores em troca de alívio de sua dúvida de quase US$ 5 bilhões. Enquanto isso, alguns dos proprietários dos espaços alugados pela JC Penney também discutem possíveis transações. A Brookfield Asset Management Inc e o Simon Property Group consideram se juntar à Sycamore em uma outra oferta. Uma terceira via seria aceitar um empréstimo oferecido recentemente pelo fundo Aurelius Capital, que disse apenas estar disposto a negociar termos “muito melhores”, que não sejam “predatórios”. Caso opte por dar sequência à proposta de compra da Sycamore ou de qualquer outro fundo, a JC Penney tem de buscar o aval do juiz que avalia seu pedido de concordata.

Publicado em: neofed.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALTERAÇÃO NO PERCENTUAL DE PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE INVESTIDORA NO CAPITAL SOCIAL DA SOCIEDADE INVESTIDA

Análise dos Múltiplos de EBTIDA e RECEITA - Tecnologia

O que é "earn-out" e como utilizar.