Postagens

Mostrando postagens com o rótulo M&A

Fundo que desistiu da compra da Victoria’s Secret agora pode levar a JC Penney

Imagem
A Sycamore é um fundo de private equity nova-iorquino especializado na aquisição de empresas em dificuldades. No passado, a gestora comprou a rede de material para escritórios Staples, a empresa de roupas femininas Talbots e a operadora de lojas de departamento Belk. Mais recentemente, a Sycamore tentou assumir o controle da rede de roupas femininas Victoria’s Secret, do grupo L Brands, que também passa por turbulências. O negócio de US$ 525 milhões chegou a ser fechado e anunciado. Mas depois, por conta da Covid-19, o fundo desistiu da transação. Agora, a Sycamore está tentando adquirir a centenária rede de lojas de departamento JC Penney, segundo uma reportagem da Reuters, citando fontes anônimas. A JC Penney, que está em concordata, tem até o dia 15 de julho para chegar a um acordo com seus credores e evitar a falência. As vendas da empresa atingiram US$ 10,7 bilhões em seu ano fiscal mais recente e caem desde 2015. A companhia não dá lucro há quase uma década. Desde que pediu …

Yduqs acerta compra do grupo Athenas; transação pode movimentar até R$ 300 milhões

Imagem
Yduqs (YDUQ3) informou nesta quinta-feira que acertou a compra da Athenas, grupo educacional com unidades em Rondônia, Acre e Mato Grosso.O valor inicial da operação é de 120 milhões de reais, sendo 106 milhões de reais à vista e 14 milhões após cinco anos. Além disso, o contrato prevê um pagamento adicional de 600 mil reais se o grupo adquirido conseguir vagas para curso de medicina, o que pode elevar o valor da operação em até 180 milhões de reais.Segundo a Yduqs, o grupo tem nove mil alunos, tem 67 cursos de graduação, cursos técnicos superiores e programas de pós-graduação, além de um potencial para 300 vagas/ano de medicina.“A aquisição preenche 3 das 17 regiões de influência prioritárias identificadas em nosso planejamento estratégico, além de estarem localizados em regiões de maior crescimento econômico, como o Centro-Oeste e Norte do país”, afirmou a Yduqs em fato relevante. Em 2019, o Grupo Athenas teve receita líquida de 94,5 milhões de reais e Ebitda ajustado de 15 milhões…

Brasil segue no radar dos investidores

Imagem
Para o chefe de Economia e Estratégia para América Latina do Bank of America Merrill Lynch, Claudio Irigoyen, mesmo que o cenário político no Brasil no ano que vem esteja nebuloso e confunda o mercado, ainda há um grande interesse internacional por empresas brasileiras.

Na avaliação do executivo argentino, o País segue no radar dos investidores internacionais embora pudesse se beneficiar ainda mais se fosse menos fechado. A seguir, os principais trechos da entrevista.

O Brasil se recupera da crise mais rapidamente do que o imaginado pelos investidores?

Sim, com certeza. Os indicadores mais recentes da economia nos dão ideia de que o Brasil está virando esse jogo e a capacidade de recuperação do País é impressionante. O atual cenário nos leva a pensar em uma recuperação na casa dos 3% no ano que vem. Obviamente, tudo que está relacionado às eleições do ano que vem terá impacto nessa recuperação. Embora seja importante ter em mente que anos eleitorais afetam os

Rival chinesa da Uber pode comprar a 99

Imagem
O mercado brasileiro de transportes por aplicativo pode estar prestes a receber um belo chacoalhão. De acordo com informações ainda não confirmadas oficialmente, a Didi Chuxing, uma das principais empresas desse setor na China, estaria prestes a adquirir uma parcela majoritária da 99.
Seria mais uma etapa do investimento global que está sendo feito pelo conglomerado chinês rumo a uma expansão internacional. Para isso, a companhia já teria levantado US$ 4 bilhões para investimento fora de suas fronteiras, com boa parte desse montante obtido com a Softbank, gigante das telecomunicações no Japão que também está de olho no segmento de transportes. Desse dinheiro todo, pelo menos uma parcela já está no Brasil.
Isso porque, em julho deste ano, a Didi anunciou um investimento de US$ 100 milhões na 99, seus primeiros passos no mercado brasileiro. Na época, o valor exato não foi divulgado pela companhia nem o intuito do aporte financeiro em nosso país, mas tudo indicava um olhar mais apurado sob…

Stefanini adquire a Gauge

Imagem
A Stefanini acaba de adquirir a Gauge, consultoria de performance e experiência do usuário. Com isso, a multinacional brasileira espera ampliar sua atuação nas áreas de performance, mídia digital, experiência do usuário e dados.
“Com a sinergia que existe entre a Gauge e a Stefanini, queremos alcançar resultados acima do esperado e superar metas, a partir da geração de insights, definição da estratégia de negócios, criação da experiência do usuário, implementação da tecnologia que, consequentemente, permitirão a evolução do projeto em todas as áreas. Se o cliente precisar de mídia, por exemplo, poderemos oferecer por aqui”, afirma Marco Stefanini, fundador e CEO global da Stefanini.
A Gauge atende a clientes como Vivo, Itaú, Nike, Embraer, Ambev e Abbott. Após o negócio, a companhia atuará de maneira independente, porém com a capacidade de integrar seu portfólio de serviços à Stefanini.
“Estamos confiantes no sucesso desta parceria, especialmente porque acreditamos na robustez da Stefani…

Dissolução de sociedades. Quanto vale minha parte.

Imagem
Muitos são os motivos que causam a saída de um sócio. As relações sociais são complexas e geralmente se desgastam com o tempo, levando a quebra do chamado "Affectio societatis".

O Affectio societatis consiste na vontade dos sócios de se unirem por possuírem interesses idênticos, mantendo-se coesos, motivados por propósitos comuns e colaborando de forma consistente na consecução do objeto social da sociedade.

O tema do Affectio societatis é bastante controverso, mas este artigo não tem pretensão de discutir teses jurídicas, então consideramos que o certo é que ninguém é obrigado a associar-se ou manter-se associado.

Assim, todo sócio tem o direito de retirar-se da sociedade se for de seu interesse pessoal.

Definida a retirada de um dos sócios, entramos na questão objeto deste artigo. Quanto vale a parte do sócio retirante?

Antes de entrar nas metodologias para calcular o Valor Econômico da parte da sociedade que cabe ao sócio retirante, vamos ver qual a definição de Valor Ec…