Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

O novo negócio da CVC

Imagem
A CVC, maior operadora de turismo do Brasil, deverá anunciar nas próximas semanas uma associação com a suíça Education First (EF), líder global no mercado de cursos de intercâmbio. Pelos termos do acordo, a EF, que tem 500 escolas e escritórios ao redor do mundo, terá acesso aos 7 000 pontos de venda da CVC para oferecer seus cursos. Com o novo negócio, a operadora brasileira espera faturar 300 milhões de reais em três anos. Esse é um mercado estratégico para a CVC, que chegou a negociar, sem sucesso, a compra da STB, maior operadora brasileira de intercâmbio. A CVC não quis comentar. 25/05/2015 - 15:43 Tiago Lethbridge

Officer recebe aporte de R$ 50 milhões da IdeiasNet

Imagem
Convergência Digital   22/05/2015 Em comunicado ao mercado enviado nesta sexta-feira, 22/05, a Officer, distribuidora de produtos de informática, informa que receberá, até junho deste ano, um aporte de R$50 milhões investidos pelo seu controlador, a IdeiasNet.  De acordo com Sami Haddad, presidente e diretor de Relações com Investidores da Ideiasnet, esse investimento tem o objetivo de dar continuidade ao plano de crescimento com lucratividade da companhia. Distribuidora também trocou de comando. Sai Ronaldo Miranda, que foi para a Arrow do Brasil, e entra Luiz Comazzetto, que assume a presidência da companhia com intuito de dar continuidade ao projeto de expansão do atendimento ampliando a presença regional nacional com abertura de filiais no Rio de Janeiro e Nordeste/Norte do país, e aumento da oferta de serviços nas nuvens; além de concretizar novas parcerias com importantes players do mercado. Uma das prioridades do novo presidente será tocar o  desenvolvimento da Platafor

53 operações de fusões e aquisições em TI

Imagem
Autor:  Redação Fonte:  IT Forum 365 Publicado em 20 de Maio de 2015 às 14h23 Relatório da consultoria revela que das 268 operações realizadas até abril, 20% envolveram companhias de tecnologia da informação Embora o cenário econômico não esteja dos mais favoráveis, o ritmo de operações de  fusão e aquisição segue em alta. Além disso, de acordo com relatório divulgado pela  PwC , o segmento de  tecnologia da informação  (TI) permanece na liderança nesse tipo de operação. Em 2015, a companhia relata que das 268 transações divulgadas, 20% foram em TI, ou seja, 53. Apenas em abril, a consultoria estima 79 operações de fusão e aquisição (levando em consideração apenas aquelas divulgadas e não integrando acordos que possam ter acontecido), sendo o melhor abril desde 2003. Dessas transações, 69,6% aconteceram na região Sudeste, com destaque para o Estado de São Paulo que concentrou 58,2% delas. Entre as transações que a companhia destaca no setor de TI estão a fusão das empresas 

Aquisição de usinas será mais seletiva

Imagem
As operações de fusões e aquisições no setor sucroalcooleiro serão muito seletivas nos próximos meses, afirmaram fontes do mercado financeiro ouvidas pelo jornal O Estado de S. Paulo. "As consultas foram retomadas, mas os potenciais compradores estão atrás de barganhas", afirmou uma fonte. Entre 2005 e 2008, o setor viveu um forte movimento de expansão e consolidação, atraindo investidores estrangeiros e nacionais, estimulado pelo aumento do consumo do etanol, que viveu um boom com a forte demanda por carros flex. Depois da crise de 2008, muitas usinas quebraram e dezenas delas encerraram suas atividades. "Há um movimento recente de usinas que decidiram vender separadamente seus ativos de cogeração para reduzir a alavancagem", diz Antonio Rogerio Ferreira, superintendente de fusões e aquisições e mercado de equity do Banco Fator. Foi o caso do grupo francês Albioma que adquiriu, em abril, 65% da operação de cogeração do grupo sucroalcooleiro Jalles Machado, d

Substituição tributária do ICMS pode ser decisiva para sobrevivência das empresas

Imagem
Um dos temas mais complexos da legislação tributária do país é a substituição tributária do ICMS, seja porque ela varia de Estado para Estado, seja porque há alteração frequente. E o seu impacto na formação do preço de venda dos produtos pode ser decisivo para a sobrevivência das empresas. Alguns números dão a dimensão do problema: são mais de 26.000 itens sujeitos à substituição tributária. Diariamente são publicados, em média, 3 atos legais referentes à ST e, somente em 2014, foram publicados 1.035 atos legais sobre o assunto. Um exemplo de como isso pode ser importante para as empresas é a MVA (Margem de Valor Agregado) do Setor de Máquinas e equipamentos, que pode variar de 45% a 157%. São tantos os aspectos envolvidos, que calcular manualmente o impacto do ICMS na composição do preço de venda dos produtos torna-se uma dor de cabeça, ainda que fundamental para o equilíbrio econômico-financeiro das empresas. Em primeiro lugar, é preciso esclarecer que a correta formação de preço de